Una-se a esta Obra de Fé!

Gráfico da Construção

21%
Clique aqui para acompanhar a construção
Fique por DentroPost › 01/10/2018

Somando forças na caminhada

Com espírito de fraternidade e certos de que a união estimula o avanço, no dia 15 de setembro, líderes de movimentos, pastorais e novas comunidades da Arquidiocese de Niterói se reuniram na Capela São João Paulo II, para uma manhã de louvor e visita à obra da Nova Catedral de São João Batista.

Com a presença do Arcebispo Dom José Francisco e do Bispo Auxiliar Dom Luiz Antônio, os colaboradores foram receptivos às palavras presididas.

                                                            whatsapp-image-2018-09-27-at-16-45-48

Dom José destacou a importância deste local, sendo a construção um “desafio para toda a Arquidiocese”. Ele lembrou que “a Nova Catedral é um trabalho pastoral e necessário, devido à Catedral  de São João Batista, hoje restaurada, comportar apenas 300 fiéis sentados.”

O Arcebispo falou da leitura teológica e espiritual que Dom Carlos Alberto Navarro fez sobre a dimensão desta construção “com a imagem do padroeiro São João Batista apontando para o Cristo Redentor, aquele que é o cordeiro de Deus, e a Baía de Guanabara, como símbolo do rio Jordão, onde João Batista batizava.”  Ao término, Dom José confessou o desejo de seu coração e a  expectativa de celebrar na nova catedral.

Dom Luiz Antônio agradeceu a presença dos líderes e falou da unidade necessária: “a Nova Catedral é um sonho que Dom José assumiu ao chegar à Arquidiocese de Niterói e nós não podemos deixá-lo sozinho. Sonho que se sonha junto se torna realidade, já dizia Dom  Helder Câmara. E o sonho de Dom Carlos já está se tornando realidade”.

foto

O representante do Comitê Executivo do projeto, Adriano Carneiro, fez um breve histórico e apresentou, como coordenadores e voluntários  poderiam auxiliar com a divulgação nas Paróquias e Movimentos, tanto física nos murais e materiais impressos, quanto digital nas páginas de Internet e perfis das redes sociais, de modo a conseguir a adesão de novos colaboradores para o Caminho da Gratidão. Foi apresentado o que vem dando certo em algumas paróquias, e poderia ser replicado às demais.

 

Visita Técnica e convivência

  Uma  visita ao ao terreno da construção foi realizada, e muitos se emocionaram, ao lembrar que ali se reuniam para orar o terço da misericórdia, tendo como intenção a realização do sonho do saudoso Dom Carlos Alberto, como contou Sueli Geraldo, representante da Capela Rosa Mística, em São Gonçalo.

Ainda no terreno, Adriano Carneiro e o Engenheiro Aloisio Lannes explicaram o que já foi feito, onde estamos, na obra, e quais as próximas etapas. Os presentes puderam visualizar a grandiosidade do projeto, com comparações, por exemplo, com o tamanho do vão central da ponte Rio x Niterói (a cruz estará na altura do ponto máximo da ponte), do Teatro Popular e do Cristo Redentor, que tem metade do tamanho da Nova Catedral.

                                                        foto-4-materia-2

Por fim, a manhã de encontro, partilha e confraternização fez surgir muitas ideias entre os voluntários, para que o projeto de fé continue dando certo. Um ânimo novo, uma nova força e a certeza de que, mesmo em meio à crise financeira, as pessoas querem ajudar, e em um tempo breve todos participarão da alegria de ter uma nova Catedral de São João Batista edificada, sendo um canal de evangelização e mudança de vida na Arquidiocese.

                                                         whatsapp-image-2018-09-27-at-16-46-38

Por Íngrid Bianchini

Fotos: Íngrid Bianchini e PASCOM- Paróquia Nossa Sra. da Conceição, Ilha da Conceição

Deixe o seu comentário





* campos obrigatórios.

Quer saber mais sobre o projeto?